América do Norte Canadá Destinos Toronto

Toronto – Parte 1

Minha viagem por Toronto começou em frente ao prédio futurista que parece mais uma espaço-nave mas na verdade é a nova prefeitura de Toronto construída em 1964. Consideram-a nova porque foi construída ao lado da antiga prefeitura que é do século IXX.

Toronto-City-Hall-redDepois das fotos fui em direção a um dos símbolos da burguesia de Toronto: a Casa Loma.
Construída em 1914 com custo de 3,5 milhões dólares, essa casa que já foi moradia do financista Sir Henry Mill Pellatt, hoje é um museu que atrai milhares de turistas. Com 98 cômodos, as suítes são decoradas com obras de artes de diversas partes do mundo. As mobílias e objetos de decoração são tão originais que te levam para um cenário real no início do século passado.

Casa-loma

 

Um dos pontos que me chamaram a atenção na casa é o banheiro do Sir Henry.
Ele queria tudo muito moderno e luxuoso e para isso foram gastos 10 mil dólares o que para a época era muito dinheiro. Um dos quartos tem uma passagem secreta e é claro que eu passei por lá.

Após a visita segui para o Eaton Center, um dos maiores shopping centers do mundo, com várias lojas de grifes e restaurantes, um lugar excelente para fazer suas compras.

eaton-centre-2001-02

Logo em frente ao Eaton Center encontrei o que parecia uma ”Times Square” em Toronto, chamada de Dundas Square.  Muita gente se reúne ali no final do dia para um happy hour.

Toronto_-_ON_-_Yonge-Dundas_Square

Como você já deve saber, o Canadá é um dos lugares mais frios do mundo e as temperaturas, no inverno, em Toronto chegam a – 40 graus. Pensando nisso, foi construído uma espécie de “cidade subterrânea” chamada “Underground City”.
Todo esse espaço é conectado por túneis de baixo da cidade onde as pessoas podem se locomover, entrar em hotéis, prédios comerciais e lojas, sem passar pela rua no período do inverno rigoroso.

SONY DSC

Espero que tenham gostado do post, e se quiser saber mais sobre Toronto, assista meu vídeo. Até mais!!

BANNER-VIAGE-SEGURO

Posts Relacionados

Deixe um comentário